Educar é…

No dia 28 de abril é comemorado o dia internacional da Educação e para comemorar a data nós perguntamos a alguns professores do CEMP o que educar representava para cada um. Confira as respostas.

Dia-da-educacao-CEMP

“Educar é mais que ministrar conteúdos, é preparar o aluno para exercer sua cidadania. É plantar a semente e labutar para que haja a germinação.”

(Professora Eliane Dutra)

“Educar é antes de tudo, abrir os olhos para o conhecimento, para o ser, para o outro e para si mesmo.”

(Professora Elizabeth Sarsedo de Lima)

“Educar é estar sempre criando possibilidades para que o educando construa sua própria história aprendiz .É ter amor pelo que ensina e fazer de cada aluno um novo tesouro a ser descoberto ´pois´nossos alunos também tem muito para nos ensina,r o que precisamos é ter esse olhar de compreensão e carinho para que possamos estar sempre trocando novas experiencias e descobertas”.

(Professora: Liliane Severo de Oliveira)

“Educar é uma deliciosa troca sem fim , é uma mistura de amor ,satisfação e muito comprometimento. É acreditar em seus ideais e preparar o aluno para alcançar suas metas  e festejar suas realizações.”

(Professora Juliana Leitão – 2° ano Ensino fundamental / Tarde)

“O ato de educar apresenta diversos sentidos e significados. Para alguns, educar é despertar aptidões naturais do indivíduo com o intuito de aprimorá-las e aplicá-las segundo padrões sociais. Para outros, educar é ensinar parâmetros com objetivo de enquadramento, domesticação e adestramento. Na minha opinião, educar é oferecer ao indivíduo possibilidades de desenvolvimento. É apresentar múltiplos caminhos para se adquirir conhecimento. Sempre destacando os contrastes e demonstrando que seja qual for o caminho escolhido pelo aprendiz, as consequências existiram. Ao aprendiz, caberá escolher o caminho e se tornar responsável pelas consequências.”

(Professor Felipe Lopes / Disciplina: História)

“Assim como a própria etimologia da palavra sugere, educar é levar uma pessoa para fora de si mesma. Essa pessoa pode ser o mestre ou o aprendiz – preferencialmente os dois, porque assim educam um ao outro, isto é, partilham a mesma experiência. Educar (e ser educado) é sair de si mesmo para entender o lugar do outro no mundo e, a partir disso, reconhecer nosso próprio lugar nele.”

(Professor Brayan Carvalho – Língua Portuguesa, Literatura e Redação – Ensino Médio)

“Educar é o meio em que os hábitos, costumes e valores são transferidos pelas descendências e vai se desenvolvendo através de situações presenciadas e experiências vividas por cada indivíduo ao longo da sua vida. No processo educativo de ensino formal os conhecimentos e habilidades são transferidos para os alunos sempre com o objetivo desenvolver o crescimento intelectual e na formação de cidadãos capazes de gerar transformações positivas na sociedade.”

(Claudia Grisolia – Coordenadora)

“Educar para mim é abrir as portas do conhecimento, facilitando o entendimento dos conteúdos, muitas vezes complicados para o momento de nossos alunos.”

(Professor André Motta – Biologia)

“Toda prática educativa demanda a existência de sujeitos, um que ensinando aprende e outro que aprendendo ensina. (Paulo Freire).”

(Professora Elisângela Dantas – Matemática)

“A arte de transformar almas.”

(Professora Elisabete França – Matemática)

“Educar não é apenas transferir experiências e conhecimentos para um outro ser. É preciso, antes de tudo, enxergar a estreita relação que há entre professor e aluno, em que aquele não é alguém superior, detentor de todo o conhecimento e por isso deve ser respeitado, ouvido e entendido. A relação entre esses dois seres participantes do ato educativo deve estar no mesmo patamar, cada um com seus conhecimentos (distintos ou não) e com suas experiências. Um educador deve, portanto, estar aberto a novas ideias trazidas por seus alunos, sabendo aproveitá-las em sua prática.

Além disso, acredito que um educador deva sempre ter (ser) um exemplo a dar aos seus alunos, pois ao longo da vida elegemos “ídolos”, “líderes” que, muitas vezes, é uma função exercida por um educador. Por isso devemos ser bons exemplos de comprometimento, de superação e capacitação. Além disso, acredito que uma das maioresferramentas de um bom líder é saber demonstrar carinho e reconhecimento pelos seus alunos.

Para concluir a reflexão sobre “O que é educar”, faço menção a um dos maiores pensadores da educação no Brasil, Paulo Freire, que em seu livro Por uma Pedagogia da Autonomia resume a função do educador, da qual sou consoante: “O desafio de quem educa é transformar o que é ingênuo em pensamento crítico, com base em métodos, dando ao estudante autonomia de pensamento, ensinando-o a aprender de uma maneira mais correta, mostrando-lhe a necessidade da pesquisa, do saber metodológico, despertando sua curiosidade e aguçando o pensamento crítico”.

(Professora Júlia Langer – Língua Portuguesa e Produção Textual – 8°ano)

Educar é mais que preparar, elaborar, planejar aulas. É ter sensibilidade para um “olhar” diferenciado para o educando. (Professora Eliane Dutra)

Educar é mudar o mundo um dia de cada vez. (Professora Kelen)

Anúncios

Sobre Aluno CEMP Online

Centro Educacional Manuel Pereira: nossa filosofia permeia a prática pedagógica, contemplando valores voltados à ascensão do aluno como ser humano completo.
Esta entrada foi publicada em Coordenação com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s